House – Episódio 3×15 – “Half-Wit”

Eu quase nunca posto sobre House aqui porque, como vocês perceberam, eu adoro reclamar e eu quase nunca tenho do que reclamar com House! Assim não tem graça!

Esse episódio, pra não perder a mania, foi ótimo. Vou confessar que eu assisti morrendo de vontade de tirar um sarro do Dave Matthews, mas até ele foi bem. E, assim que o episódio acabou, eu tive a mesma crise de consciência que eu tenho toda semana: eu devia odiar o House! O House é um ser humano horrível, egoísta, sem nenhum tipo de sentimento de compaixão ou caridade, a espécie de pessoa que você tem sorte de não ter no seu círculo de amigos; mas, Deus, como eu queria sentar num bar pra tomar uma cerveja com o House! Mesmo sabendo que ele me insultaria de maneiras até então impensáveis e destruiria meu espírito, eu ainda queria conhecer o House! Nem sei mais quem culpar: o texto ou o Hugh Laurie!

Anyway, o paciente da semana é um homem com problemas neurológicos, resultado de um acidente na infância, acidente esse que o transformou em um gênio do piano. Como acontece na maioria das vezes, o paciente é a coisa menos interessante do episódio! Todos os amigos de House passam a desconfiar que ele tem câncer terminal no cérebro por causa de uns exames que ele pediu e umas ligações que ele anda fazendo para o Departamento de Oncologia de outro hospital. Eles ficam preocupados e têm as reações mais diversas, desde o beijo de Cameron (Sim, House, era um truque, mas você tava curtindo que eu vi!), até o abraço de Chase.

É bom saber que eu não sou a única a gostar do maluco do House. Mesmo quando ele finge ter câncer terminal para entrar em um programa que testa uma nova droga que age no centro de prazer do cérebro dele. Fingir câncer é a segunda coisa mais horrível que alguém poderia fazer, só perdendo para “bater em velhinhos” (e eu não duvido que o House bateria em um velhinho, talvez até enquanto finge que tem câncer.).

O paciente perde metade do cérebro e a habilidade com o piano em troca de poder fazer as tarefas mais simples, como abotoar uma blusa. É bonito! E o Wilson, mais uma vez, tenta usar do bom senso com o amigo, mas todos nós sabemos que o House continuará sendo o House. E nós vamos continuar adorando!

2 Responses to “House – Episódio 3×15 – “Half-Wit””


  1. 1 Thais Afonso junho 26, 2007 às 7:08 pm

    Eu amei a Cuddy com ele nesse episódio. Ela ficou super preocupada, mas não ficou andando atrás dele e o atazanando, só disse que sentaia muito e ofereceu sua ajuda. E o deixou passar a mão em seu bumbum, rsrs.

  2. 2 Lele junho 27, 2007 às 2:44 am

    Juuuuuuu,
    Adoooooro House. O Hugh Laurie é perfeito fazendo o papel e eu tb daria tudo pra sentar em um bar com ele. Quero tanto que acabe a temporada na Universal pra poder comentara series com vc e falar dos spoiler que ja sairam da 4ª temporada.
    Beijitos


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Tvlicious

Quem? Eu. A Ju, oras.

Quer reclamar ou dizer as milhões de razões pelas quais eu sou o máximo? tvlicious@gmail.com

Twitter

Páginas

a

Parceiros

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket
Blog Teorias LOST

Numbers

  • 70,950 hits

%d blogueiros gostam disto: